31 de jan de 2010

Paixão

"Amo tua voz e tua cor
E teu jeito de fazer amor
Revirando os olhos e o tapete
Suspirando em falsete
Coisas que eu nem sei contar
Ser feliz é tudo que se quer
Ah! Esse maldito fecho eclair
De repente a gente rasga a roupa
E uma febre muito louca
Faz o corpo arrepiar
Depois do terceiro ou quarto copo
Tudo que vier eu topo
Tudo que vier, vem bem
Quando bebo perco o juízo
Não me responsabilizo
Nem por mim, nem por ninguém
Não quero ficar na tua vida
Como uma paixão mal resolvida
Dessas que a gente tem ciúme
E se encharca de perfume
Faz que tenta se matar
Vou ficar até o fim do dia
Decorando tua geografia
E essa aventura em carne e osso
Deixa marcas no pescoço
Faz a gente levitar
Tens um não sei que de paraíso
E o corpo mais preciso
Que o mais lindo dos mortais
Tens uma beleza infinita
E a boca mais bonita
Que a minha já tocou"


=D

24 de jan de 2010


"...me libertar da vontade de ouvir sua voz.."
T.B

20 de jan de 2010




(...) Tenho medo de, dia após dia, cada vez mais não estar no que você vê. e tanto tempo terá passado, depois, que tudo se tornará cotidiano e a minha ausência não terá nenhuma importância. serei apenas memória, alívio, enquanto agora sou uma planta carnívora exigindo a cada dia uma gota de sangue para manter-se viva. você rasga devagar o seu pulso com as unhas para que eu possa beber. mas um dia será demasiado esforço, excessiva dor, e você esquecerá como se esquece um compromisso sem muita importância. uma fruta mordida apodrecendo em silêncio no quarto.


Caio Fernando Abreu

18 de jan de 2010

Na minha leiga concepção, existem apenas dois tipos de homem no mundo: os que fazem você se sentir bem e os que fazem você se sentir um lixo. É simples assim. Quando você sai com um cara que te faz se sentir bem, você volta pra casa feliz, radiante. E com o humor nas alturas. Quando você sai com um cara que te faz se sentir um lixo, você chega em casa aos trapos. Com um desassossego que não te deixa. E com um vazio que ninguém explica. Entendam: a noite pode ter sido incrível. Mulheres inteligentes sabem que noites incríveis nem sempre rendem dias-seguintes igualmente incríveis. E é bem aí que eu quero chegar. Primeiro, não somos inteligentes de imediato quando se trata de paixão, química. E pele. Somos românticas e carentes. Segundo, não temos bolas de cristal, não sabemos se o cara se acha a última bolacha do pacote, se ele é um mentiroso nato, se ele vai abrir a porta do carro e depois se mostrar o abominável homem das neves dentro de uma calça Diesel. A verdade é que quando a gente sai a primeira vez com um cara, nunca sabemos ao certo como vai ser. Ou como o moço realmente é.

Fernanda Mello

12 de jan de 2010

Só por hoje...

Só por hoje eu não quero mais pensar em você. Você no seu mundo perfeito e feliz. Não quero me lembrar do seu sorriso, nem de toda vida que existe em você. Não quero pensar como você está. Onde você está. Com quem você está. Se vai demorar. Não quero saber porque simplesmente você não me quer. Não quero saber. Não quero mais tentar entender seus olhares, seu sorrisos, sua reações. Não quero mais. Quero mais é ficar quieta aqui no meu canto. E esquecer de tudo. E de todos. E esquecer você. Você e seu sorriso lindo. Nâo quero mais viver em função de você. Nem quero mais querer você. Chega. Chega de me sentir assim. Chega de você me fazer sentir um nada. Ainda que você não saiba que me faz sentir assim. Quero esquecer tudo. Pelo menos por hoje. Ou por quanto tempo mais eu possa agüentar. Não quero mais me importar. E não vou. Só por hoje eu quero você fora do meu mundo. Do meu coração. Que fica pequeninho só de pensar em você.

9 de jan de 2010

"Te amo mesmo, talvez pra sempre. Mas nem por isso eu deixo de ser feliz ou viver minha vida. Foda-se esse amor. E foda-se você"

Tati Bernardi!



PS: Tati é maraaaaaaaaaaa

2 de jan de 2010


"Uma das coisas boas desse ano que passou foi conhecer você."


C.F.A