25 de abr de 2010



"Eu me descubro ainda mais feliz a cada pedaço seu e de tudo o que é seu. Às vezes você é tão bobo, e me faz sentir tão boba, que eu tenho pena de como o mundo era bobo antes da gente se conhecer. Eu queria assinar um contrato com Deus: se eu nunca mais olhar para homem nenhum no mundo, será que ele deixa você ficar comigo pra sempre? Eu descobri que tentar não ser ingênua é a nossa maior ingenuidade, eu descobri que ser inteira não me dá medo porque ser inteira já é ser muito corajosa, eu descobri que vale a pena ficar três horas te olhando sentada num sofá mesmo que o dia esteja explodindo lá fora. E quando já não sei mais o que sentir por você, eu respiro fundo perto da sua nuca, e começo a querer coisas que eu nem sabia que existiam."

(Tati Bernardi)

PS: Saudades de me sentir assim..


"Sou melhor se sou contigo nem pouco só, nem pouco sua.
Sou a sorte de um dia lindo que brilha.
E brilha tanto amor, Amor..
que cega."


(Priscila Rôde)

24 de abr de 2010



"Viro outra vez aquilo que sou todo dia: fechada, sozinha, perdida no meu quarto, longe da roda e de tudo: uma criança assustada."

(Caio F.)






22 de abr de 2010


Você parece tão idiota agora.

20 de abr de 2010

"Sei lá, a tua ausência me causou um caos."
 
Maria Gadú
 
 


'...toda vez que você vem e me faz um carinho
Sabe que me leva para o mau caminho
Com você adoro tudo e morro de prazer
A cabeça fica louca de te desejar
Minha tristeza vai embora é só você chegar
Sem teu amor, sem o teu chamego não dá pra ficar.'
[Alcione]

18 de abr de 2010


Você me dói em lugares que eu nem sabia que tinha no meu ser.

17 de abr de 2010


"Eu te amo, repete sozinha para o escuro toda noite, pouco antes de seu corpo dissolver-se na espuma do sono, eu te amo."

Caio F.

"É noite aqui. Levanto os olhos pro céu como se quisesse caçar estrelas que me escapam em pleno vôo. Pergunto-me, como é possível sentir alguém tão distante e, no entanto, poder ler cada dobra de seus lábios. O monstro de chocolate continua fazendo sombra na minha escrivaninha. Continua nevando aqui. Mas muito pouco. Eu fujo da neve, para que meu coração não esfrie. Vai ver esta neve é a caspa de Deus coçando a cabeça, enquanto pensa no que vai fazer comigo."

(Pipa)
"[...] por onde anda você,
tão distanciado, tão silencioso?
Em que nova galáxia posso te encontrar outra vez [...]
Vez enquando baixa uma saudade,
quase sempre..."

Caio F.

"Mas nem sempre é necessário tornar-se forte. Temos que respeitar a nossa fraqueza. Então, são lágrimas suaves, de uma tristeza legítima à qual temos direito. Elas correm devagar e quando passam pelos lábios sente-se aquele gosto salgado, límpido, produto de nossa dor mais profunda".

(Clarice Lispector)

13 de abr de 2010


aqui eu sou feliz. contigo. todos os minutos.

"Minha alma tem o peso da luz.

Tem o peso da música.

Tem o peso da palavra nunca dita,

prestes quem sabe a ser dita.

Tem o peso de uma lembrança.

Tem o peso de uma saudade.

Tem o peso de um olhar.

Pesa como pesa uma ausência.

E a lágrima que não se chorou.

Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros."




(Clarice Lispector)

11 de abr de 2010



PS: Não deixo nunca de te amar.

"A jornada é feita de dádivas e alegrias, mas também de imprevistos, embaraços, inabilidades, lições de toda espécie. De vez em quando tropeçamos nos trechos mais acidentados. Depois, levantamos e prosseguimos: o chamado do amor é irrecusável para a alma. Desistir dele, para ela, é como desistir de respirar."


[Ana Jácomo]

10 de abr de 2010


"O que a memória ama, fica eterno.
Te amo com a memória, imperecível.
"

Adélia Prado

Te olho nos olhos



"Te olho nos olhos e você reclama
Que te olho muito profundamente.

Desculpa,
Tudo que vivi foi profundamente...
Eu te ensinei quem sou...
E você foi me tirando...
Os espaços entre os abraços,
Guarda-me apenas uma fresta.

Eu que sempre fui livre,
Não importava o que os outros dissessem.

Até onde posso ir para te resgatar?

Reclama de mim, como se houvesse a possibilidade...
De me inventar de novo.

Desculpa...se te olho profundamente,
Rente à pele...
A ponto de ver seus ancestrais...
Nos seus traços.

A ponto de ver a estrada...
Muito antes dos seus passos.

Eu não vou separar as minhas vitórias
Dos meus fracassos!

Eu não vou renunciar a mim;

Nenhuma parte, nenhum pedaço do meu ser
Vibrante, errante, sujo, livre, quente.

Eu quero estar viva e permanecer
Te olhando profundamente."

Ana Carolina

"Um BAND-AID no coração, um sorriso nos lábios – e tudo bem"

Caio F.


PS: Nem tudo tão bem assim

"E o que eu sinto é o tal do amor. Aquele surrado, mal-falado, desacreditado e raro amor, que eu achava que não existia mais. Pois existe. E arrebata, atropela, derruba, o violento surto de felicidade causado pelo simples vislumbre do teu rosto."

(Lucas Silveira)

8 de abr de 2010


"...então eu amo."

Clarice Lispcetor.

Eu te amo pelo que nos acontece.

Elisa Lucinda

6 de abr de 2010


"...o que resta é a sensação da tua caricia no meu rosto cheio de memórias tuas. Quando me olho no espelho é de ti que eu me recordo. Fica a minha cama marcada pelo teu corpo, as paredes do meu quarto ecoando a tua voz e a minha expectativa inocente de que a qualquer momento o interfone vai soar e vai ser você dizendo que não precisas mais ter que me deixar aqui. De que vai ser você lá embaixo dizendo pra eu descer correndo, só com a roupa que levo no corpo, e que o necessário não são as coisas que eu poderia querer guardar numa maleta, que já basta a nossa vontade somada de estar juntas ate que a vida seja fim. Mas não é assim."

Dani Cabrera

3 de abr de 2010


"O mundo é cheio de opções sem você, mas todas elas me cheiram azedas e murchas demais."

Tati B.

2 de abr de 2010


"O que definitivamente não dá certo, ao menos para mim, é se apaixonar. Agora, que graça tem fazer qualquer coisa da vida sem estar apaixonada? Ô vidinha filha da puta. "

Tati B.

1 de abr de 2010


"Chorar deixou de ser uma necessidade e virou apenas uma iminência. Sofrer deixou de ser algo maior do que eu e passou a ser um pontinho ali, no mesmo lugar, incomodando a cada segundo, me lembrando o tempo todo que aquele pontinho é um resto, um quase não pontinho. Você, que já foi tudo e mais um pouco, é agora um quase. Um quase que não me deixa ser inteira em nada, plena em nada, tranqüila em nada, feliz em nada."

Tati Bernardi

"Amor? Não sei. É meio paranóico. Parece uma coisa para enlouquecer a gente devagar."

Caio Fernando Abreu