30 de mar de 2009

Como roubar um coração!

"Para se roubar um coração, é preciso que seja com muita habilidade, tem que ser vagarosamente, disfarçadamente, não se chega com ímpeto, não se alcança o coração de alguém com pressa. Tem que se aproximar com meias palavras, suavemente, apoderar-se dele aos poucos, com cuidado. Não se pode deixar que percebam que ele será roubado, na verdade, teremos que furtá-lo, docemente. Conquistar um coração de verdade dá trabalho, requer paciência, é como se fosse tecer uma colcha de retalhos, aplicar uma renda em um vestido, tratar de um jardim, cuidar de uma criança. É necessário que seja com destreza, com vontade, com encanto, carinho e sinceridade. Para se conquistar um coração definitivamente tem que ter garra e esperteza, mas não falo dessa esperteza que todos conhecem, falo da esperteza de sentimentos, daquela que existe guardada na alma em todos os momentos. Quando se deseja realmente conquistar um coração, é preciso que antes já tenhamos conseguido conquistar o nosso, é preciso que ele já tenha sido explorado nos mínimos detalhes, que já se tenha conseguido conhecer cada cantinho, entender cada espaço preenchido e aceitar cada espaço vago. ...e então, quando finalmente esse coração for conquistado, quando tivermos nos apoderado dele, vai existir uma parte de alguém que seguirá conosco. Uma metade de alguém que será guiada por nós e o nosso coração passará a bater por conta desse outro coração. Eles sofrerão altos e baixos sim, mas com certeza haverá instantes, milhares de instantes de alegria. Baterá descompassado muitas vezes e sabe por que? Faltará a metade dele que ainda não está junto de nós. Até que um dia, cansado de estar dividido ao meio, esse coração chamará a sua outra parte e alguém por vontade própria, sem que precisemos roubá-la ou furtá-la nos entregará a metade que faltava. ... e é assim que se rouba um coração, fácil não?"
L.F.V





E como que faz pra recuperar um coração? ¬¬

27 de mar de 2009


"Você vem me procurar
Faço tudo pra evitar
mas meu coração sempre te deixar entrar."

23 de mar de 2009


Te espero,
na certeza dor da tua ausencia.
Te anseio
em minha louca sanidade.
Ultrapasso minhas angústias.
Sufoco verdades.
pois o amor não morre, se cala.
no refúgio dessa saudade....!




22 de mar de 2009


"Você. Assim, de boca, corpo, mão. Tudo. Em três noites. Quatro luas. Ou de quatro. No ato. Esse meu feitiço por você é uma coisa louca. Que dá água na boca do começo ao fim do dia. Sede dos teus beijos. Nas cores da seda, nos versos de Neruda ou com Janis na vitrola. Você vem. E me leva para perto até em pensamento. Não finjo. É fato. Falo. Fetiche de amor. Do mais puro de todos. Para toda a vida."

By Beco da Gata! Adoroooo ;*


Que coisa mais louca!
Dá até aguá na boca..
¬¬

21 de mar de 2009

Mundos


Eu não sei dessas coisas. Tenho a idade da alma e não do corpo. Tenho o meu mundo. E ele é assim. Fechadinho. Só para os meus sonhos, os meus segredos, os meus amores. E quem sabe para outro alguém que venha sem medo. Com o coração aberto. E com todas as cores e gostos do mundo numa palavra, numa manhã, num amar que, de tanto amar, não precisa de mais nada. São os mundos particulares de cada um. Não é questão de agradar a outras pessoas ou não. As pessoas são assim. Têm um canto, e encanto, que é só delas. E alguém acredita que seja diferente?





Descobri que um pouco de melancolia existencial
resolve muitas coisas! ;)


By Beco da Gata